Postos de Troca 2011 — Rede de profissionais solidários pela cidadania

Data de Publicação: 
02/10/2011 - 22:07

t

A REDE é uma ONG que tem larga experiência na mobilização cidadã. Atua junto a comunidades para apoiar processos de organização na busca da melhoria das condições de vida e da cidadania plena.

Conheça o Brechó Eco Solidário, que está em plena organização autogestionária.

Postos de troca do Brechó Eco Solidário já estão funcionando, veja qual é o mais próximo a você:

http://redeprofissionaissolidarios.objectis.net/brecho-eco-solidario-1/postos-de-troca-2011

Este evento promove troca de produtos usando moeda social "Grão".

Já estão espalhados por toda a cidade os postos de troca para o Brechó Eco Solidário 2011, evento de incentivo ao consumo consciente promovido pela Rede de Profissionais Solidários pela Cidadania, com o apoio da Unifacs e de outras instituições de ensino superior públicas e privadas de Salvador. Nesses postos, o público pode trocar produtos usados, como roupas, livros,  brinquedos e utensílios domésticos, em bom estado de conservação, pela moeda social Grão, que será utilizada durante o Brechó. Este ano, a feira acontecerá no dia 29 de outubro das 9h às 17h, no Parque da Cidade.

Criado na Unifacs, em 2006, o Brechó Eco Solidário já se consolidou como evento anual de economia solidária que transforma a área do Parque da Cidade em um grande mercado de troca de produtos usados. Quem quiser, poderá ainda contribuir com o projeto fazendo doações de produtos para bazares comunitários em bairros populares.

Na programação do Brechó, que conta ainda com o apoio do Governo do Estado, constam diferentes atividades de educação ambiental, promovidas com o objetivo conscientizar o público sobre a importância do consumo consciente. Serão abordados temas como os efeitos do consumo para as mudanças climáticas e o incentivo à construção de uma sociedade mais saudável, com menos desperdício e maior prioridade para produtos das cooperativas de economia solidária.

Junto com a feira acontecerá um mercado de produtos oriundos de cooperativas. Na parte cultural, serão realizadas apresentações de música e dança.  A busca da saúde integral será também contemplada com  aulas de ioga, biodança, qiqong, massagens, reiki, entre outras atividades.

O Brechó Eco Solidário, realizado desde 2006 em Salvador, é um grande mercado de trocas de bens usados através da moeda social "grão". Trata-se de um importante evento de conscientização sobre os efeitos do consumo para as mudanças climáticas atuais e incentiva os participantes a pensarem em outras formas de consumir, mais saudáveis, com menos desperdício e priorizando produtos das cooperativas de economia solidária. Ele acontece anualmente em conjunto com um mercado de produtos oriundos de cooperativas e diversas atividades de caráter cultural (apresentações de música e dança), formativo (variadas atividades de educação ambiental) e de saúde integral (aulas de ioga, biodança, qiqong, massagens, reiki, etc). 

O Brechó acontecerá dia 09 de outubro no Parque da Cidade, das 10 às 17h, e o público poderá trocar seus bens por "grãos" nos postos de troca no local e participar de todas as atividades disponíveis.

As universidades foram pioneiras na realização do Brechó, mas a cada ano foram se construindo parcerias com diversas outras instituições, do setor público, empresas e ONGs. Em 2011, o evento continuará a ser construído de maneira autogestionária e a ser coordenado pela Associação Rede de Profissionais Solidários pela Cidadania. Espera-se contar este ano com o trabalho voluntário de cerca de 300 pessoas, de diversas instituições, sobretudo professores e estudantes das universidades parceiras (UFba, Unifacs, Universo, UNEB, entre outras), além de empreendedores da Economia Solidária, artistas e terapeutas holísticos e pessoas engajadas em "praticas do futuro emergente".

Desde 2010 o Brechó Eco Solidário será a expressão brasileira do evento francês Dialogues en Humanité, que se realiza também anualmente desde 2002 em Lyon, e vem se descentralizando, buscando parcerias com eventos afins em várias cidades do mundo e sendo realizado também em Berlim/Alemanha, Bangalore/India, Riad/Marrocos, entre outras. O Dialogues possibilita ao público a discussão e vivência de inovações na sociedade para fazer face aos desafios econômicos, sociais, ambientais e espirituais da humanidade.

Danielle Miterrand (ex-primeira dama da França e presidente da Fundação France Libertés), Patrick Viveret (filósofo e autor do livro "Reconsiderar a Riqueza"), Henryane de Chaponay (ativista internacional que participou da elaboração da proposta de criação do Fórum Social Mundial, assim como da Rede Diálogos em Humanidade)  e Genéviève Ancel (Coordenadora do Dialogues en Humanité de Lyon e articuladora do Dialogues em nível internacional), estarão em Salvador, participando de discussões nas Ágoras de diálogo com o público do evento.