Fortalecimento da comercialização solidária continua em 2011

Data de Publicação: 
13/03/2011 - 14:02

Desde 2009, o Projeto Nacional de Comercialização Solidária no Brasil (PNCS) tem garantido apoio e incentivo à Economia Solidária (Ecosol) no país. Mais de 70 feiras microrregionais foram realizadas, 10 feiras estaduais, 05 internacionais, 01 nacional e 01 temática. Ações desenvolvidas com o objetivo de promover a comercialização direta de produtos e serviços de Empreendimentos Econômicos Solidários (EES). Para dar continuidade a incentivos como esses, o PNCS foi prorrogado até janeiro de 2012.

Além das feiras, seminários regionais e estaduais fizeram parte das ações de fortalecimento de redes e cadeias produtivas em todas as regiões do país. Até agora, foram 17 seminários estaduais, 04 regionais e 01 internacional. As feiras foram mais do que espaços de comercialização. Durante suas realizações, foram promovidos importantes momentos de formação, de troca de experiências, atividades culturais e a aplicação da Pesquisa de Avaliação de Feiras de Economia Solidária (Pafes).

O Projeto Nacional de Comercialização Solidária, pensado também para preparar a Economia Solidária rumo ao Sistema Nacional de Comércio Justo e Solidário (SNCJS), regulamentado em novembro de 2010 pelo então presidente Lula, desenvolve ainda o trabalho de adequação de 140 EES para o SNCJS, em parceria com a Faces do Brasil. Para a capacitação dos empreendimentos, o Projeto conta com o apoio do Instituto Kairós (SP), Cooperativa de Consultoria Pesquisa e Serviços de Apoio ao Desenvolvimento Rural Sustentável (Coopeser/BA), Dialética (RJ), Rede Xique-Xique (RN), Projeto Esperança (RS), Instituto Palmas (CE) e Instituto Estadual Santo Dias/ITCP (MG) .
As atividades estão previstas para iniciar nesse semestre, fazendo com que, no final desse amplo trabalho, tais EES adiram à categoria de selo organizacional do Sistema.
Ao longo de 2011, o PNCS prevê ainda 10 seminários estaduais, 01 seminário regional (Sudeste), 09 feiras microrregionais, totalizando 83 feiras microrregionais, de um total de 100 feiras previstas pelo Projeto; 01 seminário nacional do SNCJS, 02 encontros nacionais (marcas e pontos fixos), 01 seminário nacional sobre comercialização solidária e a publicação de um livro com a sistematização das pesquisas de campo feitas com 20 experiências de rede de economia solidária nas cinco regiões brasileiras. Pesquisas desenvolvidas com o apoio do Núcleo de Pesquisa e Apoio à Agricultura Familiar (UFMG/UFLA/UFVJM).
Diversos materiais didáticos e de divulgação sobre a temática da comercialização solidária foram produzidos. Catálogos com produtos da economia solidária, folders explicativos do Projeto, cartilhas e séries formativas sobre diferentes temas, como Comércio Justo Solidário, Estratégias para Comercialização Solidária, Consumo e Economia Solidária e Desenvolvimento Sustentável e Ecosol.
 
Cristiane Vasconcelos
Analista Social – Comunicação Social
www.marista.edu.br